Não Seja Radical, Seja Espiritual

 

Olá, seja muito bem vindo…

   Vou escrever sobre algo muito, muito importante.E é importante, principalmente para cristãos a assimilação desta idéia.

   Muito tem se falado sobre ser radical contra o tráfico de drogas, sobre a violência e no âmbito das igrejas (as sérias) sobre o pecado.É expresso na bíblia que o pecado gera a morte, mas Deus dá de graça a vida eterna.Muito bonito.Contudo, se você já assimimlou tudo isto, se você já se considera um verdadeiro cristão, então pode ter caído na armadilha do radicalismo…

   Não estou dizendo que você tem que ter uma dose de mundanismo ou transformar o perdão de Deus em uma barra de sabonete de 1Kg, aonde reina safadeza e mentira.Estou dizendo que, quando somos mais zelosos e compromissados com o reino, com Jesus Cristo, então podemos nos tornar religiosos.Muitos pregadores detratam religiosos.Mas na verdade eles mesmos o podem ser.Você já se perguntou o porque que você vai a igreja, ou porque você não pode fumar ou ouvir música do mundo ou até mesmo o porque de se orar todos os dias?Se você não sabe, mas guarda estas coisas, você é um radical religioso…

   “Eu não entendi?!”, você pode me perguntar, mas eu vou explicar.A mairoria das pessoas sérias no evangelho são muito cuidadosas em relação a agradar a Deus.Certa vez, nos foi proposto em uma pregação, de que a primeira palavra dita quando acordassemos fosse para Deus, seja um “bom dia Espírito Santo”, seja um “obrigado”.O que acontece é que o hábito de tais coisas, que no início soam profundas e belas, podem perder o significado com o passar do tempo.Olha o que aconteceu com Israel.A bíblia dizia uma coisa.Com o passar do tempo, foí-se acrescentado mais e mais mandamentos.”Jure pelo ouro do altar, não pelo altar, pois se for só pelo altar, não terá efeito algum a sua palavra”.Que maluquice!De onde se tirou isto?Creio que foi do zelo…o quê?Do zelo?!sto mesmo!Quantas vezes você orou pela manhã, teve um belo encontro com o Rei e mais tarde, parece que tudo de Deus se resumiu àquele momento?”Bem, eu já orei, agora tenho de ser um bom crente”.E o relacionamento acabou ali.”Ah, mas o que devo fazer então?”.Comece tirando Deus do seu quarto…

   Você pode não concordar.Então vou lhe contar como começou a funcinar comigo.Eu estava trabalhando e estudando para o vestibular, e na época chegava bem tarde em casa, quase sempre pegava o último ônibus.Eu comecei a ser pressionado no quesito pecado.Tinha muito a perder dizendo sim para aquela porcaria.Eu chorava muito, não foi fácil.Então eu comecei a querer Deus em vez do pecado, eu queria Jesus em vez de uma garota.Cara, não dava pra orar só de manhã.Deus tinha que ser real, então comecei a tirá-lo do meu quarto, colocá-lo ao meu lado e, constrangido por estar com Ele, disse não para tudo aquilo.Comecei a não ter um momento devocional, porque todo momento estava com Ele.Aliás, eu não sabia o que era devocional.Quando descobri o que era, depois de tudo, eu não quero mais.Certa vez, disse pra alguém e sugeri este estilo de vida.Ela disse que não, obrigado, ela preferia um momento (e não estar todo o momento!) com Ele.

   A consequência de tudo isto foi uma fome deseperada por Deus.Eu lia varios livros da bíblia no dia (e não mais versáculos).Eu não conseguia ler um livro de biologia, mas lia e me deliciava com livros cristãos.Aliás, eu acertei todas as questões de biologia do vestibular (e de química também!)!Eu tinha de pedir a Deus permissão para poder ler este tipo de coisa, e quando estudava, me deliciava, pois Deus estava falando comigo através de tudo.Eu entendi que não deveria ser radical contra nada.Deveria ser espiritual, pois é isto que a bíblia me mostra que devo ser.É assim que consigo dicernir e entender as coisas Dele.

   Não seja radical, seja espiritual.Não queira bancar o bobo com um monte de mandamentos que a igreja coloca em você.Isto me afastava da minha familia, e eu não vou mais ser assim.Você se torna um E.T. do tipo “vamos fazer algo” e você responde “não posso, sou crente” ou “não posso, tenho um programa” (concorde comigo:quase nunca é um evangelísmo, não é mesmo?Só reuniões pra buscar, pedir e ter mais de Deus).Para com isto já!Seja vivo para sua família.Seja vivo para você mesmo!Comece a se amar e por conseguinte, amará o próximo.Não seja um lunático-hippie de Jesus…Receba vida de graça, é só querer…

Venha crer comigo…

Anúncios

3 pensamentos sobre “Não Seja Radical, Seja Espiritual

  1. Jesus era assim né?
    Isso me faz lembrar de uma pregação a respeito da diferença entre Joao Batista e Jesus. Em Lucas 16:16 diz: “A lei e os profetas duraram até João; desde então é anunciado o reino de Deus, e todo o homem emprega força para entrar nele”.
    João era a figura daquela pessoa altamente radical,anti-social, esquisita, que se isolava no deserto, que se vestia diferente de todo mundo…enfim.
    Jesus era oposto, vivia no meu do povo, se voce nao convidasse ele pra comer na sua casa, Ele mesmo se convidava :). Comia com os pecadores… era totalmente acessível.
    Joao Batista figurava a lei e os profetas, que vigoraram até ele….Jesus figurava a nova aliança, a LIBERDADE trazida pelo sangue do Cordeiro e pelo Espírito.

    Interessante, né?

  2. Pingback: Sem Atualizar… « Seu Chamado Weblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: