Todas as Coisas Loucas

dsc06997

 

Vou contar um pouco do meu testemunho para chegar e trabalhar em meu ministério.

Quando me converti, eu era roqueiro, gostava daquelas roupas inusitadas, era politizado e meio ateu.Meio…então, depois de algum tempo visitando uma célula, decidi “oficializar” o meu relacionamento com Deus…

Tudo bem até aí.Eu tinha uma banda de rock’n roll, iriamos gravar um cd de demonstração para gravadoras, e eu tocava guitarra e cantava…chegamos a conhecer o Tom Cleber, um cara que toca mpb em São Luis.Mas eu sabia que seria ministro de louvor, parecia óbvio.Mas tropeçava no maior dos impecilios:O meu sonho…

Sonhos são engraçados.A maioria deles usam pilhas ou precisam de uma tomada (vide pastor Rodrigo-IBA e John Mayer).Mas este era grande, tocar para a galera e passar o meu ponto de vista “comuna”.Francamente, eu não consigo sentir mais o que eu sentia, e o artigo parece fora de contexto, pelo fato de eu não mais sonhar com isto.Eu tive de entregar o meu sonho a Deus.Por quê???

Glórificava a mim

Eu comecei a frequentar a reunião de ministros, mas eu tive de esperar 9 meses até pegar no instrumento (sugestivo, não?).Quando finalmente entrei, só tinha vaga para contrabaixo, um instrumento que eu achava chato, mas sabia tocar.Eu ainda estava na banda, e estavamos para gravar a demo.Então, fui confrontado com uma palavra que veio de Deus, acerca de lixo espiritual e consagração feita inconscientemente pelo que declaramos com os nossos lábios.Fui muito tocado e decidi largar a banda, causando um grande, mas grande problema, afinal, estavamos para gravar (tudo de graça!).Fiz a minha escolha.Na outra semana, após mais 3 meses só ensaiando, comecei a ministrar.E começaram os meus problemas…

Loucura para os homens

Eu era bem diferente quando comecei a ministrar louvor:Eu pirava muito, mas muito mesmo!Eu pensava mais ou menos assim:”Se eu me entregava de corpo e alma para aquelas porcarias que eu cantava, não vai ser diferente pra agradecer pela minha salvação ao Deus dos Céus e da Terra”.Então, veio muitas indagações se eu era um homem de Deus ou do diabo.O tempo consolidou a minha decisão:”Sim, eu sou de Deus!”.Houve muita conspiração (rsrsrsrs), tanta coisa que eu nem me lembro de nada mais…ai ai, eu me divertia com isso demais…o segredo é analizar tudo e reter o que é bom.Aprendi com Deus.Aprendi com algumas pessoas também.

Finalmente, a guitarra!!!

Finalmente, após 1 ano, saí do baixo e fui pro meu instrumento, a guitarra.Mas eu sempre soube que iria cantar, e isso preocupava algumas pessoas.Eu era doido pra eles!Comecei a querer provar que eu era um bom instrumentista, então sonhei que a guitarra que eu tinha na época estava em um pedestal:Era óbvio que eu a estava adorando.Fiz um jejum de guitarra, só pegava pra ministrar.Me sobressaí muito nela, a ponto de ser elogiado por bons musicos.Fiquei feliz.Deus é fiél.Mas, eu estava cavando fundo o meu relacionamento com Jesus, estava frutificando, me arrumando mais, e algo fervia nos meus rins após 2 anos na guitarra…chegou a hora de cantar…

Can…tar?Wellington?

Foi essa a indagação que ouvi na semana da minha “estréia”.A mesma pessoa que eu compartilhei no ano anterior que eu sentia que a hora estava chegando, foi a mesma que me desmotivou.A ministração, foi uma benção.Até eu querer falar alguma coisa.Foi muito engraçado…No início eu ficava bem nervoso, mas depois fui pegando o jeito.Fui colocado de escanteio.Voltei.Escanteio.Nunca havia um porque, mas eu sabia.Fiquei ferido por que ninguém me dizia nada, não havia feedback.Eu não sabia se estava bom ou ruim.Liderei uma equipe.Foi ótimo, mas me tiraram isso também.Fiquei 9 meses sem ministrar (sugestivo…), sem motivo algum.Eu frutifiquei, cavei mais fundo, fui aonde não tinha ido com Deus:Trabalhos sociais, com casais, crianças, ex-presidiarios, drogados, vitimas de violência, fui amigo dos feridos que a igreja fez também, porque eu havia sido completamente curado por Deus, e parecia que todos os problemas que eles tinham, eu já havia passado para ser ministro do evangelho.Foi inevitável.Fui chamado de volta…fui chamado!Depois, escanteio de novo…hunft…rsrsrsrs

Até que eu entendi:Deus já havia falado comigo no ano anterior, que o meu chamado estava prestes a realmente começar.Foi um período de treino.Treino!Então, mudei!E as coisas começaram a realmente acontecer, frutifiquei o dobro!Viajei para ministrar, um sonho antigo, algumas vezes, foi só mudar.Então, fui chamado de novo para integrar a equipe do ministéio principal da igreja, só que agora, pelo anjo Dela:O pastor presidente!Isto me faz lembrar o que Che Guevara afirmou:”Os poderosos podem destruir algumas rosas, mas jamais deteram a primavera”.Ninguém pode deter você, se você tem um chamado.”Humilhaivos diante de Deus e Ele, ao Seu tempo, vos exaltará.”, “Os humilhados serão exaltados”, ambos da bíblia.Se você está confuso e quer saber o porque que as coisas não estão fáceis, lembre-se,você não é o único.Todos os dias somos enviados a morte, é o que a palavra nos ensina.Eu passei por coisas demais, mas eu merecuperei de tal forma, que simplesmente não consigo me lembrar da maioria delas, e as outras, eu morro de rir quando me lembro.É, o tempo me consolidou.O cara que tinha tudo pra dar errado.Lembre-se, eu resumi.Mas é preciso viver todos os dias…Deus ama as coisas loucas.Mas temos que pagar o preço…

venha crer comigo…

nota:obrigado pelas orações…eu estava com infecção alimentar.Eu pensei que ia morrer, mas deu tudo certo.Sejam abençoados, em nome de Jesus!!!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Todas as Coisas Loucas

  1. Pingback: Sem Atualizar… « Seu Chamado Weblog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: