Eu, Presidênte.

Eu sei que todos nós sabemos que não pertencemos a este mundo, mas poucos de nós vivemos com esta verdade. Se entedessemos que estamos debaixo da autoridade de um outro reino, perceberíamos as eleições e até mesmo a própria democracia com menor importância…

"Não pertenço a este mundo"...

"Não pertenço a este mundo"...

Cristãos no mundo todo sofrem perseguição porque a sua fé vai de encontro as leis do governo. Eles sofrem, são punidos no corpo e enfrentam todo tipo de escárnio por amor ao nome de Jesus. Está fé não está alicerçada em uma vida extremamente piedosa, mas no fato de que eles crêem em um outro Reino, e entenderam que são apenas peregrinos neste mundo. Sabe, acredito que se tivéssemos a plena convicção de que não pertencemos a este mundo e sim a outro, nos preocuparíamos menos com estas questões…

Veja bem, vivemos na democracia, Glória a Deus por termos liberdade em nossa fé, da livre expressão, mas isto não significa nada. Quantos países já aprovaram a discriminalização da maconha, por exemplo? Isto causa um grande problema social, e isto deveria impulsionar o evangelho para frente. A liberação da prostituição (que no Brasil já existe, o que é proibido é sua ‘exploração’)? Isto não deveria nos afetar ou abalar a nossa fé. Não existe país 100% crente. As profecias deixam claro que as coisas irão de mau a pior. Lei de casamento homossexual…veja, a lei garante benefícios sociais aos parceiros, ela não obriga as igrejas a fazerem estes casamentos. E se obrigar?  Teremos prazer em negar, sofrer escárnio, ter nossos bens e liberdades espoliados por amor a Deus (?). Entenda: você pode fazer a diferença, independente de quem estiver no poder seja crente ou descrente. Sirva as pessoas com seus dons, ame-as. Isto sim, trará revolução. Não os livros os os candidatos… mas o amor.

Venha crer comigo!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Eu, Presidênte.

  1. Adorei o texto!E concordo – em parte- como sempre!:)
    É que me lembro que a palavra em II Crônicas 7:14 nos convoca a clamar para termos uma nação sarada; e mais, nossa única e verdadeira esperança (Jesus, o Messias) nos ensinou a orar; “Venha nós teu Reino, seja feita Tua vontade, assim na terra como no céu”. Isso significa dizer que devemos, de acordo com nossa consciência e fé, buscar naqueles que governam nosso país, propostas e projetos que reflitam nosso desejo de ver as promessas do Reino cumpridas nos nossos dias.E os dias são mesmo maus; piores ainda porque oramos, clamamos, mas muitos de nós temos atitudes que desmentem o que dizemos crer(e nem vem me esculhambar…não estou me refirindo a você! =D)
    Fiz minha parte, e também não temo o futuro; eu realmente creio que todas as coisas cooperam… o verdadeiro Rei continua no Trono, soberano, inabalável. Mas é triste, digo especialmente por este estado que aprendi a amar… é triste perceber que a ignorânica, a miséria, o desinteresse são fortes cooperadores nas escolhas pessoais.E quanto ao Brasil… bem, Marina pode apoiar tanto Serra quanto Dilma… Eu continuo apoiando a democracia, a liberdade (conhecereis a verdade e ela vos libertará…) e louvo a Deus por esse privilégio!
    P.S; Não sei se percebeu, mas voltei a ler o seu blog!
    P.S 2; se esse milagre aconteceu, realmente, nada é impossível para Deus, mesmo com a Roseana e a Dilma no meu encalço. Haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa =)
    P.S 3;”Se entedessemos que estamos debaixo da autoridade de um outro reino, perceberíamos as eleições e até mesmo a própria democracia com menor importância…” Acho que cê pegou pesado demais aqui…nuuuuuuu são 500 anos de sangue, escravidão, lágrimas, exploração… na minha opinião, o único regime no qual podemos viver – com exceção da Teocracia( que em breve virá…maranata!)que garanta o mínimo de direitos iguais, equidade e justiça social é a democracia.
    P.S 4; lembre-se: nós temos um acordo de Paz! Não somos inimigos! hahahahahahaha(multiplicado por 675.0886) e você sabe que eu te devo… e muito!Tantas linhas e tantos P.S’s só refletem o que vc já esctá careca de saber; eu ADORO me expressar…

    • Polliana,
      Gosto da liberdade de expressão, de ir até a esquina e poder fazer o que quiser, da minha liberdade religiosa e principalmente, política. Já houve um momento da minha vida que fui muito engajado no movimento estudantil e comecei a conhecer os ‘políticos’. Não foi uma experiência agradável. A corrupção já começa na motivação em ser ‘político’ – cargo. Creio que devemos buscar o que é melhor para o nosso país…

      Mas quando postei este post, eu quis dizer que toda a nossa liberdade pode ser colocada em segundo plano, seja o governo que for, e isto não deveria influenciar nosso estilo de vida como cristãos, e me pautei, para isso, a igreja perseguida. Eu não gostaria de ser perseguido, mas o evangelho me mostra que isto vai/pode acontecer, e que eu não devo temer.

      Você esta certa, e completou o post com uma visão maravilhosa do Reino. Mas não se esqueça: nossa cidadania é o Céu!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: