Contato.

Bíblia em 4 Estações – dia 32

Leitura de hoje: Êxodo. 7, 8, 9.

Por Wellingon Santos

Com tantos membros importantes aonde poderíamos estabelecer um grau de importância significativo, Deus escolheu o coração. Enganoso, escuso, lindo e sujo. O coração do rei, apenas Deus tem o acesso de forma a muda-lo – e nós o fazemos, através das nossas orações, o que de alguma forma, movem Deus…

Meu coração e o seu já foram feridos, abusados, mas também tivemos bons momentos. Ele nos acompanhou naquele belo dia em que você se apaixonou pela primeira vez! E o que dizer de nossos sentimentos por Jesus?! Oh, Ele é a fonte do nossos corações (?)! Ele faz jorrar águas limpas e vivas, fluindo para a vida eterna! Mas perceba a obstinação de Faraó em que, a cada novo ponto de decisão, retorna ao seu estado original… seria tão difícil mudar maus hábitos?!

Deus nos trouxe a resposta nestes trechos. Ele decidiu endurecer o coração do líder daquela nação, para que todas soubessem que Ele – O Deus dos Hebreus, era o Senhor de toda a terra! Sabe, a alguns ano atrás, convivi com líderes frios espiritualmente e que me desacreditavam. Eu me imaginava capaz de promover a mudança aonde estava, e mais do que isto, achava que através de mim, Deus promoveria um avivamento lá. Mas o coração do ‘rei’ parecia inabalável, e minhas esperanças começaram a esvair…

Você já assistiu a um fantástico filme estrelado por Jodie Foster chamado “Contato”? O filme mostra a mesma fazendo contato com seres de outro planeta. No contato, nada é revelado, o alienígena se mostra a imagem de seu pai – para que ela não se assuste, e ela embarca em uma batalha judicial para provar o que viu. Sabe o que o filme nos ensina? Que um coração obstinado pode mudar, principalmente em face ao imenso desconhecido que são as nossas vidas. O que é a vida? Provérbios diz que é um sopro, que logo se esvai. Existe muito amor depositado em nós, e grande parte dele não é retribuído. De alguma forma, Deus endurece o coração de alguns para promover a Sua glória de maneira assustadoramente global. Outros de nós, paramos no estágio preliminar do tratamento intensivo de Deus…

Quer saber o mais curioso? Deus estava chamando o seu povo do lugar aonde Jacó/Israel morou e morreu, que era a terra de Gosém. Não eram para estar lá, eram para estar no Deserto… Deserto? Sim! Ele nos chamou para sacrificar no deserto! Talvez você esteja em um momento em que se sinta de alguma forma tolhida, diminuída, ou quem sabe, desprezada por seu sistema de liderança, seja ele religiosoou não. Saiba que você não deve habitar em Gosém, mas no Deserto. É aonde João Batista começou a preparar o caminho do Senhor. É aonde passamos a maior parte de nossas vidas. E saiba que, para Deus promover milagres, pestes e dor vão atingir você. Como você pode perceber, o povo de Israel foi atingido muitas vezes pelo juízo de forma “injusta” (lembram-se de Jó?).

Como o coringa de Health Ledger diz em Cavalerio das Trevas: “Tudo faz parte do plano”. E como Deus falou: “Para que me adorem no deserto”.

Deserto: O melhor lugar em Deus no mundo todo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: