A Igreja Multi – Cultural – Parte 1

Já a algum tempo, tenho evitado exortar, e este é o caminho que vou me esforçar a trilhar. Mas algo te me incomodado muito nestes dias: A graça de Deus.

Participo de um projeto de leitura anual da bíblia e a cada leitura, percebo que aprendi diferente do que o que está escrito nas Escrituras.

Amar sem condições
Estava conversando com uma colega neste domingo, na minha igreja. Ela me confessou que não “ia com a minha cara” e que preferia “parar de cantar a participar do meu grupo de música”. “Talvez você tenha mudado, Wellington, pois as pessoas te tratam diferente hoje”.

Quando me converti, eu era punk, e não havia sido discipulado. Foi nesta época que entrei no grupo. Bem, eu não sabia, mas ela me disse que as pessoas me evitavam e falavam muito mau de mim. É assim que tratamos um novo convertido? Talvez ele não siga as regras, seja diferente de vários aspectos, e nós “evitamos falar com eles”. Quanto amor dispensamos pelo nosso carro? Fica claro a inversão de valores. Então, a graça vem sobre a vida dos meus “algozes”, vem sobre a minha, ferido pela igreja. A graça é o favor que você e eu não merecemos, mas temos.

Escrevi certa vez que a graça também nos desconcerta. Já imaginou o assassino das 12 crianças no Rio de Janeiro, não morresse mas se convertesse? Você iria amá-lo? E seguindo as tendências do evangelho atual, ele poderia se arrepender no mesmo momento, procurar uma igreja e buscar em Deus tudo o que o inimigo “roubou” dele, se apoderar das bênçãos, buscar uma ungida, uma casa e um carro (e que sabe um ipod, não?). Você se opõe a minha forma de pensar, talvez por que eu esteja colocando tudo de uma forma muito simplista, mas no fim das contas a igreja quer ver justiça, e não misericórdia, culpados e não perdão, ódio e não amor. Estes somos eu e você.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: