O Problema Sobre o Perdão

Nestes dias, tenho enfrentado um gigante em minha vida. Quando enfrentamos gigantes, nos sentimos naturalmente despreparados, e de alguma forma, precisamos de suporte, de incentivo. A graça de Deus me faz ter a plena convicção que, por mais que eu erre, Ele está pronto a me perdoar, pois a graça de Deus passa por cima do nosso entendimento de justificação: se faço as coisas certas, sou recompensado; se erro, punido. A graça de Deus muda as ordens do tabuleiro. Eis o problema.

A alguns meses, quando iniciei minha participação o blog http://www.infourseasons.wodrpress.com , a graça começou a me chamar a atenção. conjuntamente com a leitura do livro de Philip Yancey – “Aonde Está Deus?”, me sentia cada vez mais atraído pelo assunto, e me aproximei mais de Deus, sem medo, sabendo que Ele me ama incondicionalmente.

A Graça Para Paulo, o Apóstolo

Mas a graça para Paulo soa diferente. Em suas cartas, ele constantemente nos lembra: “Contudo, pecaremos deliberadamente? De forma alguma!”, e isto parece um contra-senso, já que graça é o favor de Deus quando não a merecemos. Então, Graig Gross, fundador da xxxchurch (Sexxx Church, no Brasil), começou a me encarar, e me mostrar mais uma nova visão da graça: uma visão de Paulo, o apóstolo.

Comumente, as pessoas desistem de caminhar com Deus pq não conseguem ter forças para vencer o pecado (e de fato, ninguém tem, apenas Deus!). Quando lemos sobre a graça e descobrimos que, “mesmo que os nossos corações nos acuse, Deus é maior que os nosso corações”, é mais fácil se entregar a uma vida de aparências. Aprendi certa vez com um líder, que temos que atentar mais a pequenas pedras e depressões que nos fazem tropeçar, do que a enorme montanha que esta adiante de nós, pois, um caminho reto, nos conduz não a destruirmos o monte, mas escalá-lo, e colocá-lo debaixo de nossos pés. Ou simplesmente movê-lo ao mar. Tudo que precisamos é de fé e determinação… será?

A visão bíblica do velho testamento às vezes nos deixa confusos, pois Jesus, no Novo Testamento, se mostra tão amoroso, e pronto a perdoar prostitutas e beberrões, em contraposição ao Deus que, anteriormente, punido com morte aquele que pecasse. O fato é que sabemos que Deus nunca muda, e não existe sombra de variação Nele. O que mudou foi o nosso entendimento de Deus, e vou provar a você…

Jesus Odeia os Religiosos

Parte este equivoco de que Jesus é “paz e amor” vem de que não atentamos ao que a escritura nos demonstra: Deus odeia o pecado. Ele nunca mudou nem jamais mudará quanto a forma em que ele o enxerga. Jesus pagou com Sua própria vida pelos meus e seus pecados. De uma vez por todas. Mas o pecado desagrada tanto a Deus, que se não houver arrependimento, a morte nos reserva a Segunda Morte. Jesus nunca abrandou o pecado. Quando o jovem rico se aproximou, Jesus o amou, mas aquele homem fez uma escolha que determinou sua eternidade. “Não se pode servir a dois senhores. Ou se serve a Deus ou ao dinheiro”.

O nome de Jesus significa “Aquele que salva”. O anjo disse a José que Ele salvaria o seu povo dos seus pecados. Jesus salva dos pecados, não apenas perdoa. Queremos ser perdoados, não limpos. Semelhante a um homem que implora ao juiz que não o condene por sua conduta criminosa, mas não pensa em deixá-la, este somos muitos de nós. E eu estou sendo salvo dos meus pecados. Já chega de ser superficial em Sua graça. A graça nos da a certeza de que Ele esta pronto a nos perdoar, e ela é a força que nos impulsiona  a continuar tentando e buscando, e caminhando destemidos. A graça não é um sabonete. Na verdade, é. Mas jamais deve ser vista desta forma. Jesus morreu apenas uma vez. E Ele diz: “vá e não peques mais”. Como poderei fazer isto, Senhor? “Não temas. Crê somente”.

E então?

Venha crer comigo!

obs.: Deus me deu uma canção ontem ao ter maior entendimento sobre o tema. Em breve, estas canções estarão disponíveis no mercado. Um grande abraço!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: