Aos Pés da Cruz

Quero me prostrar...

Quero me prostrar...

Estar diante do trono da graça, me por de joelhos, é a oração e o desejo de uma alma sedenta, de uma alma convencida pelo Espírito de Deus sobre seu pecado, sobre seu estado. Ser pobre de espírito nas bem aventuranças parece fazer sentido para alguém que se encontra nestas condições. Li em algum lugar que estes “felizes os que são pobres de espírito” têm um sentido de que esta pessoa é feliz por se sentir completamente incompleta, com um senso gigantesco de impotência, impotência de que nada pode fazer fora da Videira Verdadeira, longe de Jesus. Em um sentido mais lógico, ele pobre é de espírito porque não é rico do mesmo. Ele precisa de uma fonte inesgotável de vida, amor, coragem, que apenas diante do Trono de Deus ele pode ter. Apenas lá eu posso ser completo, posso ser perdoado, amado. Leva-me ao teu Trono, Senhor, me prostrarei.

Estar de joelhos, prostrado diante de Deus, assentado em Seu alto e sublime trono é uma forma de respeito diante Dele. O que somos nós sem Ele? O que somos nós diante Dele? Ah, eu estou perdido! Por que sou um homem de lábios impuros que habita em meio a um povo de impuros lábios. Todo meu dinheiro, meu conhecimento, meus diplomas, meu cargo na igreja… Nada mais importa. Posso ser o homem “mais importante” da minha empresa, da minha cidade, nação, da minha igreja ou casa, quando este rei se manifesta, quando esta visão se torna real, quando nossa alma se sente desemparada em si mesma, quando não existe alento ou descanso, algo em que crer, esta visão de Deus assentado no trono estarrece e estremece não o intelecto, mas o coração. O coração altivo é humilhado. O coração humilhado é exaltado. Os caminhos tortos são endireitados, meu chamado se torna claro… de joelhos.

Venha crer comigo…

O Problema Sobre o Perdão

Nestes dias, tenho enfrentado um gigante em minha vida. Quando enfrentamos gigantes, nos sentimos naturalmente despreparados, e de alguma forma, precisamos de suporte, de incentivo. A graça de Deus me faz ter a plena convicção que, por mais que eu erre, Ele está pronto a me perdoar, pois a graça de Deus passa por cima do nosso entendimento de justificação: se faço as coisas certas, sou recompensado; se erro, punido. A graça de Deus muda as ordens do tabuleiro. Eis o problema.

A alguns meses, quando iniciei minha participação o blog http://www.infourseasons.wodrpress.com , a graça começou a me chamar a atenção. conjuntamente com a leitura do livro de Philip Yancey – “Aonde Está Deus?”, me sentia cada vez mais atraído pelo assunto, e me aproximei mais de Deus, sem medo, sabendo que Ele me ama incondicionalmente.

A Graça Para Paulo, o Apóstolo

Mas a graça para Paulo soa diferente. Em suas cartas, ele constantemente nos lembra: “Contudo, pecaremos deliberadamente? De forma alguma!”, e isto parece um contra-senso, já que graça é o favor de Deus quando não a merecemos. Então, Graig Gross, fundador da xxxchurch (Sexxx Church, no Brasil), começou a me encarar, e me mostrar mais uma nova visão da graça: uma visão de Paulo, o apóstolo.

Comumente, as pessoas desistem de caminhar com Deus pq não conseguem ter forças para vencer o pecado (e de fato, ninguém tem, apenas Deus!). Quando lemos sobre a graça e descobrimos que, “mesmo que os nossos corações nos acuse, Deus é maior que os nosso corações”, é mais fácil se entregar a uma vida de aparências. Aprendi certa vez com um líder, que temos que atentar mais a pequenas pedras e depressões que nos fazem tropeçar, do que a enorme montanha que esta adiante de nós, pois, um caminho reto, nos conduz não a destruirmos o monte, mas escalá-lo, e colocá-lo debaixo de nossos pés. Ou simplesmente movê-lo ao mar. Tudo que precisamos é de fé e determinação… será?

A visão bíblica do velho testamento às vezes nos deixa confusos, pois Jesus, no Novo Testamento, se mostra tão amoroso, e pronto a perdoar prostitutas e beberrões, em contraposição ao Deus que, anteriormente, punido com morte aquele que pecasse. O fato é que sabemos que Deus nunca muda, e não existe sombra de variação Nele. O que mudou foi o nosso entendimento de Deus, e vou provar a você…

Jesus Odeia os Religiosos

Parte este equivoco de que Jesus é “paz e amor” vem de que não atentamos ao que a escritura nos demonstra: Deus odeia o pecado. Ele nunca mudou nem jamais mudará quanto a forma em que ele o enxerga. Jesus pagou com Sua própria vida pelos meus e seus pecados. De uma vez por todas. Mas o pecado desagrada tanto a Deus, que se não houver arrependimento, a morte nos reserva a Segunda Morte. Jesus nunca abrandou o pecado. Quando o jovem rico se aproximou, Jesus o amou, mas aquele homem fez uma escolha que determinou sua eternidade. “Não se pode servir a dois senhores. Ou se serve a Deus ou ao dinheiro”.

O nome de Jesus significa “Aquele que salva”. O anjo disse a José que Ele salvaria o seu povo dos seus pecados. Jesus salva dos pecados, não apenas perdoa. Queremos ser perdoados, não limpos. Semelhante a um homem que implora ao juiz que não o condene por sua conduta criminosa, mas não pensa em deixá-la, este somos muitos de nós. E eu estou sendo salvo dos meus pecados. Já chega de ser superficial em Sua graça. A graça nos da a certeza de que Ele esta pronto a nos perdoar, e ela é a força que nos impulsiona  a continuar tentando e buscando, e caminhando destemidos. A graça não é um sabonete. Na verdade, é. Mas jamais deve ser vista desta forma. Jesus morreu apenas uma vez. E Ele diz: “vá e não peques mais”. Como poderei fazer isto, Senhor? “Não temas. Crê somente”.

E então?

Venha crer comigo!

obs.: Deus me deu uma canção ontem ao ter maior entendimento sobre o tema. Em breve, estas canções estarão disponíveis no mercado. Um grande abraço!

A Igreja Multi – Cultural – Parte 2

Tracy Morgan é um comediante norte americano, super famoso por sua atuação no seriado que é televisionado no Brasil pela Sony, “30 Rock”. Em um país cristão protestante, Tracy é um típico cristão que vai a igreja.

Assistimos – eu e meu pai, a um de seus shows de stand up comedy. Esperamos, talvez uns 10 minutos, e nada de engraçado estava acontecendo. Piadas racistas, preconceituosas de todas as espécies e muito, mas muito palavrão. Sabe, há uma piada corrente que é mais fácil ter um ator de stand up comedy do que oxigênio na Terra. E esta onda é legal, porque rimos… de quê?

Tracy Morgan

Tracy Morgan

A comédia a vida é maravilhosa, mas a igreja esta tolerante à iniquidade. Talvez eu assista a um show hoje, movido ao nome do ator/atriz. Vou rir. Mas eu e você sabemos que existe muito veneno nisto. Você ri de uma situação qualquer, e daqui a pouco, rimos do pecado…

Digo isto, não como um falso moralista, ou talvez você ainda não entendeu aonde quero chegar. O evangelho e a Igreja Triunfante de Jesus não faz parte da mera cultura pop. Exerça seu senso crítico e perceba a mentira por de traz do senso comum de que “tudo nos é lícito”, se esquecendo que a bíblia que carregamos completa com “mas nem tudo nos convém”. A parceria entre igreja e mundo – como “sistema de coisas”, tem sido um sucesso. Talvez até agora. A vida pode ser engraçada, triste, feliz. Posso estar em um anfiteatro e rir das minhas fraquezas. Mas quanto disto não esta encharcado com a imundice da iniquidade e do pecado? Estamos rindo da fome, da pobreza, de um santo que luta contra o pecado, de pastores, de autoridades, de homossexuais, do racismo, da morte? Entendeu?

A Igreja Multi – Cultural – Parte 1

Já a algum tempo, tenho evitado exortar, e este é o caminho que vou me esforçar a trilhar. Mas algo te me incomodado muito nestes dias: A graça de Deus.

Participo de um projeto de leitura anual da bíblia e a cada leitura, percebo que aprendi diferente do que o que está escrito nas Escrituras.

Amar sem condições
Estava conversando com uma colega neste domingo, na minha igreja. Ela me confessou que não “ia com a minha cara” e que preferia “parar de cantar a participar do meu grupo de música”. “Talvez você tenha mudado, Wellington, pois as pessoas te tratam diferente hoje”.

Quando me converti, eu era punk, e não havia sido discipulado. Foi nesta época que entrei no grupo. Bem, eu não sabia, mas ela me disse que as pessoas me evitavam e falavam muito mau de mim. É assim que tratamos um novo convertido? Talvez ele não siga as regras, seja diferente de vários aspectos, e nós “evitamos falar com eles”. Quanto amor dispensamos pelo nosso carro? Fica claro a inversão de valores. Então, a graça vem sobre a vida dos meus “algozes”, vem sobre a minha, ferido pela igreja. A graça é o favor que você e eu não merecemos, mas temos.

Escrevi certa vez que a graça também nos desconcerta. Já imaginou o assassino das 12 crianças no Rio de Janeiro, não morresse mas se convertesse? Você iria amá-lo? E seguindo as tendências do evangelho atual, ele poderia se arrepender no mesmo momento, procurar uma igreja e buscar em Deus tudo o que o inimigo “roubou” dele, se apoderar das bênçãos, buscar uma ungida, uma casa e um carro (e que sabe um ipod, não?). Você se opõe a minha forma de pensar, talvez por que eu esteja colocando tudo de uma forma muito simplista, mas no fim das contas a igreja quer ver justiça, e não misericórdia, culpados e não perdão, ódio e não amor. Estes somos eu e você.

Um Rápido Comentário

Na verdade, estava refletindo sobre isto a semana toda, sobre o legalismo. Se o “pode-nao-pode” eh tao ruim, pq Deus enfatizou isto naquela cultura? Acredito que Israel se preparava p ser uma nacao, o q exigiam leis. Hoje em dia, tudo eh permitido, pq “Deus nao ve como ve o homem, mas ve o coracao”. Entao, a santidade eh relativa? O que eh pecado p mim nao eh para outros? Sabemos que sim. Entao, afinal de contas, santidade eh ou nao eh o privar-se da amizade com o mundo e de uma vida no pecado?

A graca responde a questao. Mundo eh mundo, e pecado nao deixou de se-lo. A graca torna Deus universal, amando cada cultura diferente de Israel, amando cada pessoa e esta, respondendo a Deus de forma sincera. A graca nao eh para uma, mas para Deus salvar as nacoes.

escrito do celular.

Não entendeu? Isto foi um comentário deste post: http://wp.me/pVajQ-du

Bíblia em 1 ano – Dia 2

O Evangelho da Relatividade

Fato: o evangelho que aprendemos quando nos convertemos é diferente do que o que vivemos após alguns anos. Parte é culpa nossa, mas parte vem da maturidade e experiência adquirida. Entendemos muito rápido que algumas coisas são “religião, e portanto, descontextualizadas com a nova realidade do evangelho para os nossos dias”, subentendendo que o que aprendemos em nossos primeiros passos como cristãos não passa de um folclore criado para nos fazer temer o diabo e o inferno (lago de fogo e enxofre)…

Mas, sejamos realmente francos: quanto disso é pecado? Comecei a descobrir que muitos deturpam um pouquinho de nada as escrituras para respaldar seu estilo de vida. Nisto, eu não quero mesmo me aprofundar “do que se trata”. Creio que isto traz mais dissenção do que unidade. Pense: eu aprendi que é pecado mentir. Agora, preciso assegurar meu trabalho, e sei que “pequenas maldades”o asseguram, até por que isto seria esquisito, entende?! Vou tornar claro: quando alguém te pergunta como voce consegue ser fiél a sua(seu) esposa(marido), voce mente para assegurar seu testemunho? Hum?!

Daí entra o motivo deste texto, a tão falada relatividade, não a de Eistein. A nossa. Se voce acha que seu comportamento, sua santidade, seu testemunho, dependem da situação, voce esta errado (vontade de por o “F”…). Deus não muda, e nele não há sombra de variação (Tg 1:17). Cuidado com os cuidados do mundo (1 Jo 2:16). Seja perseverante. Vigie e ore. A assinatura principal de Satanás e tirar a seriedade das coisas e convencer a todos de que ele mesmo não existe, e isto é muito sério.

Ministros de louvor tem buscado inspiração para compor em outras fontes diferentes dos Espírito Santo. Para que uma musica dessas presta? Pastores utilizando diferentes ferramentas da psicologia para “tocar” as pessoas. Para que uma pregação desta presta? Não é o efeito em si, é o Espírito ministrador, servidor, inspirador. O resto é fogo estranho, acredite! Ninguém na bíblia precisou disto!

Quero terminar deixando claro que “certamente, bondade e misericórdia me seguirão” Sl 23. Cuidado. Uma vez sabendo da verdade, não há mais como se justificar, mas saiba que acidentes acontecem, ninguém é perfeito, mas o juízo de Deus virá sobre toda a terra, a Sua íra será derramada sobre os filhos da desobediência, então, seja um atalaia, e leve a Luz nas mais baixas profundezas! Sim, ainda existe esperança, uma firme esperança, Jesus Cristo, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores! A Ele a honra, Glória. Louvor, Majestade e Domínio para todo o sempre, amém!!!

Venha crer comigo!!!

Eu disse Adeus ao Namoro – Resultados

Escrevi agora a pouco sobre o livro que finalizei a leitura que tem o mesmo nome do título deste artigo. Fui muito tocado com a primeira parte do livro e resolvi tirar cópias desta primeira página para todos os nossos discipulos (meus e da minha mãe!). Resultados…

Uma descrente grávida

Sim, ela leu o conteúdo do material, e muito tocada, decidiu por um fim no antigo estilo de vida de pecado. Ela é mãe solteira, e nós a temos recebido de braços abertos. O fato de ela ter tomado algumas decisões a este respeito, fez com que nos sentissemos extremamente recompensados com o preço que temos pago por eles (pessoas a quem temos evangelizado através da nossa célula em casa). Uma criança vai nascer, crescer e se desenvolver nos caminhos do Senhor!!! Isso não é maravilhoso?!

Digo adeus ao meu passado

Um dos nossos filhos espirituais terminou um seu relacionamento romantico a uns dois meses em prol desta visão para a sua vida. Apesar de ser adolescente, ele tem realmente buscado a face de Jesus, mas como está recente o término do seu “namoro”, ela ainda o tem atormentado de muitas formas (ela já esteve em outro, terminou e está afastada dos caminhos de Deus…). Então, ele foi confrontado a estar naquele “chove e não molha” com ela novamente, mas depois da leitura, ele disse não.Não ao passado. Deus tem o melhor pra ele, e não é ela. Ele esta esperando o tempo certo de Deus, e a garota certa…no tempo de Deus…

Resultado contrário

Tem um caso interessante no meio destes que citei. Quem não teve acesso a este texto, tem se perdido (digo, nossos discipulos). Estão vivendo uma vida de pecado, desleixo espiritual e completa falta de temor. Eu estava preocupado, mas Deus me deu revelação de como proceder e reslver tal situação, e ela vai estar no próximo artigo, aguardem…

Seus Dons

Quando nos deparamos com o texto acerca dos talentos, entendemos facilmente que estamos falando de aptiões pessoais. Entendemos que temos que nos dedicarmos a aprender novos talentos. E você está certo! Existem estudos com pontos de vista diferentes deste, mas eu gosto de encarar o evangelho como algo simples e acessivel.

Veja bem, se você parece ter um bom domínio em ensinar, muito provavelmente você tem o dom de mestre. A bíblia enumera os dons espirituais no livro de Romanos, cap 12. Se você tem facilidade em comunicar o amor de Deus a outros, você é um evangelísta!

Mas aí é que começa o problema: nos acostumamos a fazer bem e a nos aperfeiçoarmos naquilo que já somos bons, e não há nada de errado nisto…mas então, lembramos do texto em que Jesus ilustra que cada um temos dons dados por Ele, mas que não queremos desenvolver outros. Queremos somente consolar, ou servir, ou ser ministro na casa de Deus, seja com artes (louvor, teatro, dança, artes plásticas, poesias…), seja na diaconia ou ainda mesmo auxiliando os cultos.

exemplo de como multiplicar nossos dons.

Os dons espirituais envolvem isto, mas eles não são isso. Para se desenpenhar com eficácia o seu talento de evangelísmo, você pode fazer poesias evangelísticas, por exemplo, e ensinar a outros com música; consolar os tristes em seus ensaios, profetizar através de teatro (como os profétas frequentemente faziam); dar animo a um irmão enquanto arruma as cadeiras da igreja; contribuir em obras missionárias (como o Silas Malafaia, por exemplo) com poucos recursos; liderar com um pouco mais de paciência e empatia.

Nós podemos nos unir como igreja, e nos tornarmos verdadeiramente espirituais a todo momento em que vivemos, seja na escola, cursinho, faculdade, trabalho…a todo tempo, algm irmão nosso em Cristo precisa de apoio, conselho, e nós podemos utilizar os nossos dons a todo instante, e de maneira criativa, multiplicar nossos talentos. Se você já aprendeu que 2+2=4, você não precisa estudar e revisar isto continuamente. Basta aplicar no dia a dia pra não esquecer. Aí você quer crescer, e aprende a multiplicar, mas você já sabe somar, você tem base. Então, desta forma, crescemos e prosperamos, abençoamos e somos abençoados!!!

Venha crer comigo!!!

Um Voto De Santidade

ISAÍAS CAP 58

"Aviso:Não ultrapasse essa propriedade, meu Pai esta olhando"

A alguns anos atrás, eu estava participando de uma reunião na igreja, chamada de “reunião de consagração”, aonde o Espírito Santo moveu poderosamente.O pastor que presidia (pastor Pedro, da Batista do Anglim, minha igreja…), nos desafiou a fazer um voto de santidade.Não mais jejuns, sacrifícios.Santidade.O lugar aonde obedecer é melhor do que sacrificar.Pense bem, para nos aproximarmos de um Deus Santo, temos de ser santos, e crer Nele (e nisto também).Eu estava de olhos fechados, e não vi quem fez, mas me lembro de ter permanecido com as mãos levantadas.Ele nos lembrou que é melhor não fazer voto algum com Deus, do que fazer um e quebrá-lo.

Recentemente, estava visitando um site de mutuo-ajuda, e ele desafia cristãos do mundo inteiro a repensarem a forma como tem lidado com a sua santidade.É isto mesmo, a nossa santidade.”Pinte, leia um livro, escreva um, dance, cante, reinvente-se” – foi o desafio.Mudar a rotina e minar aquilo que nos leva de volta ao Egito…

Rotina X Monotonia

A rotina é algo inevitável, mas podemos torná-la algo prazeirosa.Me lembro que de uns tempos pra ca, as coisas não estavam mais tão definidas, e comecei a me perguntar se isso era bom…sabe, na verdade, eu gosto quando as coisas saem do meu controle, pois me sinto mais dependente do Senhor.Não sabia o que iria ser da minha vida, sem a minha rotina…

Modificá-la não é algo tão fácil.Mais realístico seria adaptá-la para a nossa nova realidade (a do novo nascimento).Como, afinal de contas, manter um nível de intimidade com Jesus quando temos um tempo livre tão escasso? Simples! Adapte a rotina e inclua o Senhor nela.Temor, amor e compaixão serão gerados.A palavra se torna viva, pois a todo momento você a usa.O seu chamado torná-se real, pois as coisas estão acontecendo…

O Seu Chamado…

Então, todas as coisas começam a acontecer.Descobri neste trecho de Isaías de onde virá a minha cura. Descobri de onde vem os meus problemas.Este versículo incute em nós a vontade de obedecermos, e demonstra o quão falhos somos quando queremos agradar ao Senhor sem uma direção do Santo Espírito.Temos de fazer aquilo que falamos que fazemos.O nosso verdadeiro sacríficio está em amar ao nosso próximo.Foi poderoso o impacto em mim ao descobrir isso…

"Sacrifício...Paz" - Golda Meir GS

Ainda há uma chance de se viver puro e santo.

Isaías capitulo 58: Desafie-se a um compromisso de santidade.Fazer um voto de santidade – separar-se do que é impuro, e se aproximar de Deus através das coisas que Ele gosta. Se você já leu o texto de Isaías, e sente que precisa de um novo nível de santidade, procure um bom amigo (ou líder), e faça um voto de alguns dias (pode ser 40, no meu caso), e, ao final do dia, confesse tudo, pois a palavra nos orienta que quando confessamos nossos pecados uns aos outros, somos curados (Tiago 5:16).Confesse que olhou, pensou, desejou, viu sem querer, viu de novo…as coisas vão fluir.Também, comece a trabalhar na pregação do evangelho, e em amar as pessoas, sejam elas quem forem, até aquelas pessoas que não gostam de você, nessecitados, drogados, todos os que estiverem ao seu alcance, e os ame com obras de vida (comida, abrigo, conselho, Verdade…).Ame quem todos esqueceram de amar, muito mais uma decisão de amar do que um sentimento, pois isso será gerado com tempo. É como fazer uma serenata para alguém que se ama:Eu não vou declarar o meu amor a ela com canções que ela não gosta. Que a minha vida cante a Ti, Jesus…

Venha crer comigo!

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.