Santidade por Stephano Reis

santidade é voar mais alto. 

Santidade, Amor a Deus e Prestação de contas

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Rm. 12:1-2

Corpos santos! Sacrifício vivo! Santo e Agradável! Como tem andado a nossa santidade? Precisamos fazer dos nossos corpos verdadeiramente templos do Espírito Santo! Como andam os nossos olhos, os nossos ouvidos, as nossas mãos, a nossa boca? O que tem sido o nosso culto a Deus? Muitas vezes nos entregamos a pornografia, que diariamente se derrama sobre nós através da internet, da televisão, das bancas de revista, em mulheres com roupas sensuais às quais despimos com os olhos e desejamos ardentemente em nossos corações! Será que Deus pode se agradar de nossos relacionamentos amorosos? Eles tem sido compromissos reais de honra, respeito e amor um pelo outro? Ou tem sido apenas momentos de curtição sem limites, aonde o que mais importa é o prazer, com muito beijo, esfrega esfrega, mãos bobas, um abrasamento sem fim que termina ou chega muito perto de uma relação sexual! Ficas e mais ficas, porque o que importa é o prazer e não pessoa, por isso eu posso apenas usá-la e depois descartá-la! Fora o “fica com compromisso”, que seria um intermediário entre o namoro e um fica! Meio compromisso, meio descompromisso…Desonramos a Deus com nossas conversas que dificilmente tem sido sobre coisas espirituais e muito mais sobre as coisas desse mundo, futebol, mulher e rock roll! Mentindo pra Deus e o mundo! Escondendo a marca de Cristo, se envergonhando Muitas vezes murmurando e reclamando da vida que Deus nos proporcionou praguejando Deus e mundo, porque as coisas não são exatamente como queremos, no tempo em que queremos … E por ae vai…aonde Deus fica nisso tudo?
Ele não é o Senhor das nossas vidas? Não deveria ele ser aquele que controla cada área de nossa vida? Como podemos experimentar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus? Não tomando a forma desse mundo, mas o transformando…Você precisa ser um referência para aqueles que não tem Jesus! Não se envergonhar dele, não é enfiar goela a baixo dos seus amigos seus valores, mas é mostrar como eles são importantes e coerentes! E protegem você! Deus não deu orientações à toa para nós, mas foi para que experimentássemos a plenitude de vida!

Lembra-te também do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos em que dirás: Não tenho prazer neles; Ec.12:1

Porque todas as coisas desse mundo passam, mas nós buscamos coisas que são eternas! Vivemos na era do vazio, aonde todos sentem um vazio e tentam desesperadamente preenchê-lo e nós que sabemos que só Deus é quem pode nos preencher e que nada mais pode, porque agimos de forma contrária e buscamos desesperadamente as coisas desse mundo? Nos entregando aos prazeres da nossa carne! Esquecemos que maior é o que está em nós do que o que está no mundo, Porque o mundo, meus amigos, já está no maligno, no cão miúdo! No coisa ruim! Mas que ardilosamente tenta nos seduzir com as paixões da nossa juventude! Nos desviando do propósito e da vontade de Deus para nós! São coisas muito sutis, um palavrão aqui, uma pesca na prova ali, uma olhada maldosa e cobiçosa numa menina acolá, isso é uma bola de neve! Quando nos percebemos estamos afundados num poço de pecados, dos mais diferentes tipos, alguns já tão enraizados em nós (fortalezas) que nem mais pesam em nossa consciência, calamos a voz do Espírito Santo que nos alerta antes, durante e após o pecado, quando damos por nós mesmos já nos conformamos tanto a esse mundo que não somos mais luz no meio das trevas, mas sombras em meio as trevas do que um dia foi luz…

Como filhos obedientes, não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância; mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em todo o vosso procedimento; porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo. 1°Pe.1:14-16

“Sede santos como eu sou santo!” Devemos clamar: Jesus! Queremos ser santos assim como o Senhor é santo! Perdoa os nossos pecados e nos restaura! Restaura um coração de adorador em nós, de filhos apaixonados e que te amam, que querem te servir de todo coração! Pecados devem ser confessados um a um, não em forma de cumplicidade de erros! Mas com corações verdadeiramente arrependidos, para que o perdão, e a pureza de Deus venham sobre nós
Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. 1 Jo.1:9
Confessando Também os nossos pecados uns aos outros que resultem em orações de fé para cura de nossas doenças espirituais! Confessai, portanto, os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A súplica de um justo pode muito na sua atuação. Tg.5:16

Amados não testemos a nossa santidade, muito menos tentemos a Deus, diante da eminência do pecado, que possamos saber fugir dele, porque se não ele nos encontra e sem piedade nos faz sucumbir nas suas entranhas! Entristecendo assim o Espírito de Deus que habita em nós. Fujamos da paixão da nossa mocidade, da nossa juventude, sem sair por aí experimentando de tudo! Que não possamos buscar a pureza como uma coisa inalcançável nos rendendo ao pecado, com a desculpa de que somos jovens e jovem foi feito pra curtir! Mas que o nosso coração possa ser puro! Sem nos importar tanto com o que os outros pensam de nós, mas com o que Deus pensa de nós! Foge também das paixões da mocidade, e segue a justiça, a fé, o amor, a paz com os que, de coração puro, invocam o Senhor. 2 Tm.2:22

Somos jovens sim! Mas jovens que buscam a santidade! Que amam a Deus sobre todas as coisas! E que não andam sozinhos, mas permanecem juntos e apóiam uns aos outros afim de que nenhum se perca! Mas sejam fortalecido na unidade do Espírito Santo! Confessando os seus pecados uns aos outros e orando uns pelos outros pra que a prática de tais pecados sejam vencidas no poder do Espírito de Deus!

Ninguém despreze a tua mocidade, mas sê um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. 1 Tm.4:12

Jovens santos que são exemplos não podem ser desprezados! Mas são referencia para fiéis de todas as idades!
Assim poderemos impactar nossas famílias, nossa igreja, nossa cidade, nosso estado, nosso país e até o mundo inteiro se buscarmos a Deus, verdadeiramente de todo nosso coração!

No amor de Jesus!
Stephano Reis

08/03/08

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: